João Doria já não descarta ser candidato em 2018

Em entrevista ao jornalista Kennedy Alencar no SBT Brasil, João Doria continuou afirmando que seu candidato para sucessão de Michel Temer é o Geraldo Alckmin. Porém, parafraseando o governador de Minas Gerais na década de 1960, Magalhães Pinto, Doria disse o seguinte: “Não há nada irreversível e imutável, exceto a morte”. E ainda disse que é favorável às prévias partidárias para escolher os candidatos a presidente, governador e prefeito. Doria foi alçado a candidato a prefeito de São Paulo, pelo PSDB, via prévias.

Com a Lava Jato e delações da Odebrecht atingindo todos os partidos e políticos, inclusive o Alckmin, tudo leva para uma renovação do quadro político e João Doria faz parte dessa renovação. As pesquisas já estão favoráveis ao Doria e a “mosca azul” é infalível.

Na mesma entrevista, Doria respondeu uma pergunta de Kennendy Alencar sobre a luta contra pichadores. O jornalista, conhecido notoriamente de viés de esquerda, tentou arrancar um mea-culpa do prefeito. Só que Doria deu uma resposta fulminante ao Kennedy.

Anúncios