Contra especialistas, o Corujão da Saúde funcionou

O prefeito João Doria fez um ato simbólico para comemorar a marca de 250 mil exames do programa Corujão da Saúde. O Corujão da Saúde foi lançado pelo então candidato João Doria na campanha de 2016, sendo bastante criticado pelos adversários e pelos ditos especialistas que a imprensa sempre chama para analisar uma ação e/ou acontecimento. E na maioria das vezes os especialistas dizem o que o órgão de imprensa em questão quer ouvir, de acordo com sua coloração ideológica partidária.

Esse programa não é definitivo. Ele serve para zerar as longas filas de pacientes que esperam há meses, anos e até décadas por um exame na rede pública. Um programa que usa os principais hospitais privados onde muitos dos atendidos já mais sonharam em pisar na entrada.

Em uma conta rápida, foram 250 mil em 63 dias. Ou seja, uma média de quase 4 mil atendidos. Sucesso absoluto! São pessoas que já tinham perdido a esperança de fazer um simples exame. Fica a lição de gestão eficiente fazendo o simples e não onerando muito os cofres públicos (pagamento aos hospitais privados é pela tabela do SUS).

O povo quer são programas que fazem a diferença na sua vida, e não é necessariamente o que os especialistas acham.

Anúncios