A disputa super polarizada no interior

Em Tejuçuoca, distante 144 Km de Fortaleza-CE, a disputa eleitoral está até nas pesquisas de intenção de voto. Uma pequisa mostra a candidata Heloide Estevam (PMDB) com 60,12% dos votos, contra 31,78% do candidato adversário. No dia seguinte, uma outra pesquisa mostra o candidato da oposição, Mota Filho (PRTB), com 58%, contra 31,33% de Heloide.

Para um cidade com menos de 20 mil habitantes e 13 mil eleitores, a eleição municipal é o assunto do momento e ânimos estão à flor da pele. Quem não é “jacaré” (partidários de Heloide) é “bodó” (partidários de Mota Filho), e vice-versa. E quem não é um ou outro, fica no meio do fogo cruzado.

Heloide Estevam é esposa do ex-prefeito da cidade, Edilardo Eufrásio, que teve Eurice Mota como sua vice-prefeita, a esposa de Mota Filho. O vice-prefeito na chapa de Heloide é Amilton Camelo, que há menos de seis meses era oposição e fazia duras críticas e acusações de corrupção tanto a Edilardo quanto ao atual prefeito Valmar Bernardo, o segundo abriu mão da reeleição em favor de Heloide, mas não entrou na campanha da mulher do seu padrinho político e não aparece nas fotos, bandeiras, jingles, nem subiu nos palanques durante os comícios. Boatos de que Edilardo vetou Valmar nos palanques da esposa, talvez foi um dos acordos para tirar Amilton da oposição.

De todo modo, uma das duas pesquisas está equivocada (ou as duas estão erradas…). Falta um dia e meio para a eleição e conhecer o vencedor. Se os “jacarés” que comemorarão ou se os “bodós” que farão a festa. Independente do resultado, quem não é “jacaré” ou “bodó” só espera que o próximo prefeito, ou prefeita, faça uma administração séria, honesta, eficiente e melhore pelo menos em parte os problemas da cidade, que são muitos (saúde, segurança, crise hídrica, obras inacabadas como o saneamento do esgoto da cidade…).

eleicoes-tejucuoca
Heloide Estevam e Amilton Camelo – Mota Filho e Rita de Cássia
Anúncios