Datafolha mostra força eleitral de Lula

16100240

16100182

Nova pesquisa Datafolha mostra Lula (PT) com 21%, Marina (Rede) 19%, Aécio (PSDB) 17%. Os três estão tecnicamente empatados. No segundo cenário aparecem Marina com 23%, Lula com 22%, Geraldo Alckmin (PSDB) 9%, Jair Bolsonaro (PSC) e Ciro Gomes (PDT) com 8%. Lula teve queda em sua rejeição: de 57% na última pesquisa para 53% nesta.

Simplesmente inacreditável a força eleitoral que tem Lula mesmo com três processos judiciais correndo contra ele – um dentro da operação lava-jato, outro na operação zelotes (venda de MPs) e sobre o triplex de Guarujá e o sítio de Atibaia.

Os dois principais pré-candidatos tucanos estão com números lamentáveis. Aécio vê seu índice minguar e Alckmin fica abaixo de dois dígitos. Agora faz sentido o PSDB unido (apesar de isso ser quase impossível entre os tucanos) abraçar o impeachment da presidente Dilma no lugar das ações que estão no TSE que pedem a cassação da chapa e novas eleições.

O polêmico Jair Bolsonaro em empate técnico com o provável candidato do PSDB – Alckmin – e empatado com Ciro assusta quem tem medo do discurso extremista de Bolsonaro. E com total descréditos dos principais partidos, já não descarto Jair Bolsonaro entrando na disputa ultrapassando os dois dígitos.

Datafolha também levantou popularidade do governo Dilma, impeachment, renúncia da presidente e do vice, percepção de como seria um eventual governo Temer.

datafolha-abril2016

Anúncios