Hipocrisia tem limite

convencao-pmbd

A política é a arte de engolir sapos para conseguir um objetivo. Mas cuidado para não engolir mais do que o aceitável para não ter uma indigestão depois.

O PMDB realiza neste sábado (12), véspera das manifestações contra o governo Dilma, sua convenção partidária para eleger a nova (velha) direção. Michel Temer foi reconduzido a presidência do partido. Também foi acertado que cabe a direção nacional decidir no prazo de 30 dias se rompe em definitivo ou não com o governo. E essa indefinição do partido de rompimento com governo que ajudou a eleger é porque se sair do governo terá que entregar os ministérios que têm em mãos. Desde 1985, o PMDB nunca soube o que é ser oposição. O PMDB não vai sair do governo, só vai aguardar para assumir o comando.

lava-jato-pmdbMas o que mais me deixa embrulhado do estômago é o cinismo do partido divulgar um cartaz onde diz “Operação Lava-Jato. Há dois anos combatendo a corrupção no Brasil”, como se o partido fosse uma ilha de honestidade e não tivesse altos quadros enrolados até o pescoço na operação. Só para citar alguns figurões do PMDB que estão em débitos com a justiça: Eduardo Cunha (presidente da Câmara dos Deputados) e Renan Calheiros (presidente do Congresso Nacional).

Tirar o PT do poder virou obsessão nacional. Claro que não vai acabar com a corrupção. Muito longe disso. Mas o governo Dilma acabou. Só falta cair e vai cair de “podre”. O governo não governa mais por culpa da incapacidade política de Dilma, da falta de compreensão do PT e da sede por poder do PMDB com ajuda da oposição que não deseja esperar até 2018. Dilma ficando a economia não anda porque o impasse político não terminará. E quem vai sofrer é o povo, principalmente os mais pobres que já sofrem com inflação, desemprego e um encolhimento do PIB de 3,8% em 2015, podendo chegar a 4% em 2016 – cresceu 0,1% em 2014. A economia brasileira não tinha três anos seguidos de recessão desde os anos 1930.

Agora, não venha me pedir para achar que o PMDB é mais limpo que o PT, meu estômago tem um limite para engolir sapos.

Anúncios

2 comentários sobre “Hipocrisia tem limite

  1. Quanto ao PMDB, não poderia estar mais de acordo. O fisiologismo do partido atingiu níveis que nem vale a pena discutir.
    Meu ponto, como o amigo deve imaginar, é a sustentação do governo Dilma. Embora reconheça seus equívocos na atual crise, não vejo a renúncia/impeachment de Dilma como solução. Longe disso. Uma eventual saída até poderia fazer a poeira baixar, o mercado se alegraria, uma parcela da imprensa comemoraria, mas o resultado prático disso seria a assunção de figuras políticas tão ou mais corrompidas que as do atual governo. Trata-se, pura e simplesmente, de uma luta por poder onde um lado não suporta mais permanecer de fora.
    Como escrevi acima, parte da crise se instalou por culpa do PT, mas também graças a uma quase ignorada crise mundial e, sobretudo, por uma crise política que se arrasta há alguns anos. Se Dilma se curvar a isso estará se curvando a um capricho de quem nunca se preocupou realmente com o país.

    Abraço.

  2. Ótimo texto.

    O PMDB é governo desde sempre. E será novamente, se a Dilma sair. Ninguém consegue governar sem o fisiologismo do PMDB ou do atual DEM, na época do FHC.

    O cinismo faz parte da política, seja PT ou PMDB ou PSDB.

    Esse PMDB não tem nada do MDB, de Ulysses Guimarães, que lutou contra a ditadura.

    É uma conjunção de coronéis, como Sarney e Calheiros, crápulas como Eduardo Cunha e adeptos do fisiologismo como Temer, que circula bem tanto com os petistas quanto com os tucanos com aquele ar de Vincent Price Tupiniquim.

Os comentários estão desativados.