Impeachment de Dilma é bom para Lula

lula-dirceu-dilma

Fiquei pensando com meus botões se foi Lula que autorizou o PT a votar contra Eduardo Cunha (PMDB/RJ) no Conselho de Ética da Câmara dos Deputados para ele deflagrar o processo de impeachment contra a presidente Dilma. Com Dilma cumprindo o mandato a economia tem poucas chances de se recuperar, o que leva a baixa popularidade do governo, que deixa o PT com poucas chances de vencer 2018. Sem Dilma, Lula e PT podem ir para oposição e construir uma narrativa para a eleição.

O PT acusaria a elite de ter conspirado e executado um golpe contra o partido, ou seja, assumiria o papel de vítima. O roteiro está feito. É só uma teoria que faz um pouco (muito) sentido. O PT não vai se render fácil, entregar o poder e sabe que o governo de Dilma Rousseff se tornou um obstáculo para 2018. O PT entregaria os anéis para preservar os dedos. Ou seja, entregaria Dilma para preservar Lula.

É por isso que não é muito bom para oposição Dilma cair. E muito menos é bom para o PSDB fazer parte de um possível governo de Michel Temer (PMDB). Vai ter muito antipetista comemorando a possível queda de Dilma sem saber que, na verdade, está fazendo o jogo do PT.

Há um racha dentro do PT entre os grupos de Lula e Dilma. Lula está doido para se livrar de Dilma. Ele pensava que controlaria seu “poste”, mas Dilma tem personalidade. Uma mulher que foi torturada não seria controlada por ninguém. E Dilma acha que não deve favor ao Lula. Pelo contrário, ele deve a ela. Já que o PT ficou sem ninguém para sucessão de Lula. Primeiro José Dirceu caiu no mensalão. O segundo na lista, o Antonio Palocci, caiu porque violou a conta bancária do caseiro Francenildo.

Anúncios