Bolsonaro é a direita que a esquerda gosta

Espantalho

O Deputado Jair Bolsonaro (PP-RJ) subiu na tribuna da Câmara dos Deputados na tarde de uma terça-feira de dezembro para bater boca com uma desafeta sua. A Deputada Maria do Rosário (PT-RS) discursava e quando se retirava do plenário enquanto o Deputado Bolsonaro começava sua fala, Bolsonaro falou para Maria do Rosário ficar no plenário e ouvi-lo, e completou “Outro dia você me chamou de estuprador. Eu não te estupraria porque você não merece”. Pronto, a polêmica tomou o Congresso Nacional, foi para imprensa e invadiu as redes sociais.

Esquerdistas pedindo que Bolsonaro responda processo no Conselho de Ética da Câmara e seja cassado por quebra de decoro parlamentar. Alguns mais exaltados o chamaram de “estuprador”, e outros o acusaram de fazer “apologia ao estupro”.

Jair Bolsonaro é a caricatura que a esquerda rotula quem tem pensamentos de direita, quem é liberal e até quem é social democrata, ou seja, de esquerda. Jair Bolsonaro é o representante da direita retrógrada que a esquerda gosta. A fala dele é um desrespeito às mulheres, mas não é a primeira vez que o nobre deputado pelo Rio de Janeiro fala sandices. E pior: essa é de longe a menos estapafúrdia. Ele já deu declarações mais estúpidas, de preconceito contra negros, gays, índios e mulheres. Jair Bolsonaro não cansa de desrespeitar a mandatária da nação, a presidente Dilma. E os ex-presidentes Lula e Fernando Henrique Cardoso também. Aliás, algum esquerdista repudiou Bolsonaro quando este disse que FHC deveria ter sido “fuzilado”? O “bolsonarismo” está crescendo a cada dia. Pior: as ideias estúpidas de Bolsonaro são absolvidas por muitos.

As principais ideias do “bolsonarismo” são:

1) defender a ditadura militar e pedir uma nova intervenção militar para impedir a “ditadura bolivariana-petista-comunista”.

2) combater o Foro de São Paulo.

3) ser contra os Direitos Humanos. “humanos direitos, bandido bom é bandido morto”.

4) combater a “ditadura gayzista”.

5) ser contra todo tipo de cotas, principalmente as raciais.

Jair Bolsonaro foi o candidato a deputado federal mais votado no Rio de Janeiro na última eleição. Bolsonaro é apenas o porta voz de milhares (talvez milhões) de brasileiros que pensam como ele. É claro que esse discurso deve ser refutado. Mas não com falácias e falsa indignação.

E também não é passando a mão na cabeça de político bandido corrupto que desvia bilhões de uma empresa estatal, se fazendo de vítima, sendo radical, jogando todos na lama da corrupção com o discurso “todos os partidos são iguais” manchando a honra de políticos rivais e até de um juiz federal que o discurso de ódio do “bolsonarismo” será derrotado.

Anúncios

3 comentários sobre “Bolsonaro é a direita que a esquerda gosta

    • Há controvérsia. Mas, de fato, há muitos seguidores de Jair Bolsonaro, e esses seguidores formam uma rede na internet.

  1. joão,eu pensava que no cenário político atual, com reputação e credibilidade dos políticos cada vez mais baixa, jamais sugeria uma liderança politica capaz de liderar um movimento popular, fiquei curioso ao ver esse deputado chegando ao aeroporto de recife, fiquei observando as pessoas, jovens velhos e crianças ovacionando o deputado Jair Bolsonaro ,uma coisa que mais mi chamou a atenção foi que quando ele saiu do aeroporto as pessoas voltaram as suas atividade normais, que dizer,eles estavam lá por livre e espontânea vontade,após sua saída os funcionários que o aplaudia voltaram a seus postos de trabalhos, tem muitas coisas no cenário politico que os cidadães estão clamando e não estão sendo atendidos, de repente suje um cara que fala o que o povo quer ouvir e ver nesse cara a solução para vários problema que hoje assola a sociedade.esse deputado vai muda o cenário politico brasileiro e vai ser decisivo na próxima eleição o politico que queira cair na graça do povo vai ter que imitar Jair Bolsonaro .

Os comentários estão desativados.