A Globo resolveu tirar a máscara de imparcial

William Waack

Depois da série de entrevistas com os presidenciáveis no Jornal Nacional, agora é a vez do Jornal da Globo fazer as sabatinas. Na última segunda-feira, Marina Silva (PSB) foi a primeira entrevistada, terça seria a vez da presidente Dilma (PT), mas ela não compareceu. Aí os editores do JG resolveram colocar algumas perguntas que seriam feitas à Dilma no ar. Quarta foi a vez de Aécio Neves (PSDB).

A linha editorial do JN é diferente da linha editorial do JG. Até porque o horário do JG é da meia-noite para frente. O JN é no horário nobre, é mais informativo. Já o JG aproveita o horário para ser mais “agressivo” ao governo. Não discuto isso. O jornal está usando o seu direito de liberdade de expressão.

Mas discordo do jeito que foi feito. Não tinha necessidade de colocar as perguntas no ar. Apenas informar que a candidata não aceitou ser entrevista e não compareceu. E colocar as perguntas no portal de notícias da Globo (G1), aí não vejo problema nenhum.

Sobre as perguntas, justamente pelo estilo do jornal, foram ácidas, mas bem feitas, pertinentes. Dilma pode pagar caro essa fuga dessa sabatina justamente agora que não é mais favorita sozinha e com Marina Silva subindo a toda pesquisa feita.

A Globo tem um histórico de favorecer seus candidatos favoritos (debate de 1989 entre Collor e Lula). Nas últimas eleições prega a independência só que no seu principal telejornal há mais notícias desagradáveis ao governo e ao PT do que a outros partidos, principalmente quando envolve o PSDB. É o que me desagrada. A imprensa pode até escolher um “lado” na eleição na sua linha editorial, mas que deixe isso claro para os eleitores para não se passar por falso independente. Além de não manipular os fatos a favor dos seus candidatos.

Anúncios

2 comentários sobre “A Globo resolveu tirar a máscara de imparcial

  1. Como votaríamos corretamente sendo que propaganda política enganosa não trás consequências ? Na grande maioria ninguém vota no diferente com medo da situação piorar e a balbúrdia continua !

  2. A propaganda politica é enganosa e desleal. Quanto ao tempo, quem tem a máquina administrativa na mão usa e abusa da paciência e tolerância dos telespectadores. Não vejo a hora de acabar esse blablabla……………………

Os comentários estão desativados.