Aécio e Campos sobem, Dilma é a mais rejeitada e Lula “o mais preparado para mudanças”, diz nova pesquisa Datafolha

A nova pesquisa de intenções de voto para a corrida presidencial 2014 divulgada na manhã de sexta-feira (09) mostra que continua o crescimento dos candidatos de oposição – Aécio Neves (PSDB) e Eduardo Campos (PSB). O candidato do PSC, Pr. Everaldo Pereira, subiu de 2% para 3% nesta pesquisa em relação à pesquisa anterior e continua sendo o melhor entre os candidatos dos partidos pequenos.

Dois pontos desta pesquisa chamam bastante atenção. Um em especial é preocupante para Dilma e o PT. Ela é a candidata com mais rejeição: 35%, contra 33% de Eduardo Campos, e 31% de Aécio Neves. Lula só tem 17% de rejeição. A rejeição de Dilma é o dobro da rejeição de Lula. Outro ponto que chama atenção também envolve o ex-presidente, Lula é quem “está mais preparado para fazer mudanças no Brasil” para 38% dos entrevistados. Como foi dito aqui, esses números podem aumentar o barulho do movimento “Volta, Lula”.

O anuncio (aumento de 10% no programa Bolsa Família, correção da tabela do IR e a garantia da política de valorização do salário mínimo) feito em pronunciamento na véspera do Dia do Trabalho pela presidente – que segundo a oposição usou a cadeia de rádio e TV para fazer propaganda eleitoral antecipada e pediu ao TSE e ao Ministério Público Federal que investiguem Dilma por improbidade administrativa – não fez o efeito esperado na população.

Aconselhada pelo marqueteiro João Santana, Dilma resolveu subir o tom em pronunciamentos e entrevistas contra a oposição. Entrando de vez na campanha pela reeleição, garantiu que será candidata mesmo sem apoio da base aliada. Isso fez o PT antecipar o lançamento de seu nome à reeleição, o que só seria feito na convenção do partido em junho.

Apesar da desidratação nos números gerais, Dilma ainda vence com tranquilidade no Norte/Nordeste, 53% e 52%. O pior resultado da petista é no Sul, 29%. Aécio tem melhor desempenho no Sudeste, 27%. Pior resultado do tucano é no Norte/Nordeste, 13% e 12%. Eduardo Campos tem melhor resultado no Nordeste, 16%, e, 15%, no Centro-Oeste. Seu pior resultado é no Sudeste, 7%.

As chances de reeleição de Dilma no primeiro turno foram reduzidas para quase zero. Agora o que resta para o PT e a coordenação de campanha da presidente é tentar garantir esses 40% e esperar Aécio Neves ou Eduardo Campos/Marina Silva para um segundo turno que promete ser mais disputado que o segundo turno de 2010 entre Dilma Rousseff e José Serra.

pesquisa-datafolha-maio-2014

Anúncios

Um comentário sobre “Aécio e Campos sobem, Dilma é a mais rejeitada e Lula “o mais preparado para mudanças”, diz nova pesquisa Datafolha

  1. O óbvio é somar Dilma com Eduardo e Marina. O PSB e o PV não têm nada que os aproximem dos tucanos.

Os comentários estão desativados.